BLOG DA VIZCAYA / Expert  / Alimentos bons para os cabelos? Rosália Kehdi responde
14 jan

Alimentos bons para os cabelos? Rosália Kehdi responde

alimentos bons para os cabelos

Dizem que os cabelos são a moldura do rosto. Talvez por isso, as brasileiras valorizam tanto os fios! Manter as madeixas saudáveis, no entanto, não significa apenas usar bons produtos e investir em ótimos tratamentos capilares. Não é novidade nenhuma que alimentos bons para os cabelos, né? Alguns alimentos contêm substâncias com poder cosmético e, por isso, uma dieta balanceada pode ser tão ou mais eficiente do que aquela máscara cara para cabelos! Entenda a importância de alguns nutrientes para a saúde dos fios e descubra quais alimentos não podem faltar na sua dieta para ter cabelos mais fortes e saudáveis:  

 

Alimentos bons para os cabelos: como a nutrição interfere nos fios?

Não é exagero dizer que a alimentação interfere diretamente na saúde dos cabelos. “Os principais problemas capilares causados pela má alimentação são quedas dos fios e enfraquecimento”, alerta a nutricionista funcional e fitoterapeuta Rosália Kehdi. “Esses problemas, no entanto, podem ser resolvidos equilibrando a flora intestinal, corrigindo a alimentação, fazendo a reposição de vitaminas, minerais, proteínas e quelando metais pesados”, explica.

 

Além de queda capilar e fios enfraquecidos, outros problemas também podem se agravar com uma dieta rica em alimentos processados. A alimentação pode interferir na oleosidade dos fios: a ingestão de alimentos ricos em açúcar, por exemplo, pode desencadear processos inflamatórios no corpo e agravar o excesso de oleosidade capilar. Se esse é o seu caso, vale reduzir o consumo de alimentos como açúcar e farinha, e incluir na rotina de cuidados produtos específicos para o seu tipo de cabelo, como o Shampoo Vizcaya Byos Cabelos Oleosos

Shampoo Vizcaya Byos Cabelos Oleosos

Se você é do time que ama experimentar as dietas da moda, melhor tomar cuidado! As dietas restritivas são uma das maiores inimigas dos fios saudáveis. “Elas podem prejudicar a saúde dos cabelos pela insuficiência da ingestão de proteínas, gorduras, carboidratos, vitaminas e minerais, fazendo com que o organismo fique debilitado e sem condições de suprir as demandas básicas necessárias”, explica a nutricionista. “A dieta ideal deve ser equilibrada e orientada por profissional nutricionista, que também fará uma avaliação da necessidade de reposição com suplementação nutricional”, completa.

Alimentos bons para os cabelos: 7 nutrientes importantes para os fios

 

Não sabe como deixar a sua dieta mais balanceada? A nutricionista Rosália ensina: “Podemos melhorar a saúde e o aspecto dos nossos cabelos aderindo a uma alimentação equilibrada, descascando mais alimentos, como legumes, frutas e verduras, e abrindo menos embalagens”.  Veja abaixo alguns dos nutrientes mais importantes para os cabelos, a função de cada um e em quais alimentos eles aparecem: 

 

1. Biotina para prevenir os fios brancos

A biotina é um nutriente famoso por auxiliar no crescimento dos fios. “Ela é conhecida como a vitamina que produz cabelos saudáveis e ajuda na prevenção do aparecimento de cabelos brancos, contudo, o sucesso do tratamento normalmente requer a administração de todas as vitaminas do complexo B”, explica a nutricionista. Anote aí: a biotina está presente nos ovos, cereais integrais e semente de girassol.

2. O poder antioxidante da vitamina C

Você sabia que a vitamina C não é apenas benéfica para a pele, mas também traz benefícios para os cabelos? “A vitamina C apresenta diversas funções no organismo. Atua na síntese de colágeno e elastina e melhora a absorção do ferro”, diz Rosália. A vitamina C ainda tem função antioxidante e neutraliza os efeitos dos radicais livres no organismo. Ela está presente em diversos legumes e frutas, como brócolis, repolho, cenoura, abóbora, abacate, acerola e cítricos.

Alimentos amarelos como a cenoura também são ricos em betacaroteno e, por isso, são ótimos para manter a pele bronzeada no verão. Uma dieta bem equilibrada faz bem para os cabelos e para a pele!

3. Vitamina E

“Estudos têm mostrado sua relação na expressão de genes que regulam o ciclo celular”, revela a especialista. Em outras palavras: a vitamina E estimula a circulação sanguínea no couro cabeludo e pode ajudar no crescimento dos fios. Alguns alimentos que contêm vitamina E: abacate, gergelim, gema do ovo, sementes de girassol e de abóbora.

 

4. Ferro para cabelos fortes

A deficiência de ferro pode fazer com que os cabelos cresçam cada vez mais fracos e finos. “O ferro é  utilizado na síntese de diversos aminoácidos, de colágeno e de elastina, proteína de função estrutural que forma as fibras elásticas do cabelo”, explica Rosália. Por isso, a deficiência de ferro no organismo pode resultar em cabelos quebradiços. Para incluir o ferro na sua dieta, vale consumir proteínas animais, como carnes e peixes, leguminosas, frutas secas e sementes.

5. Zinco para o crescimento capilar

O zinco é um mineral importante para o couro cabeludo e para o crescimento capilar. “Ele é  responsável pela formação da queratina do cabelo”, explica Rosália. A falta de zinco no organismo afeta o crescimento dos cabelos e das unhas. Para garantir o consumo de zinco, não deixe faltar no seu prato proteínas animais, cereais, amêndoas e frutos secos como nozes.

6. Colágeno

O colágeno já é um velho conhecido de quem é adepta dos tratamentos capilares: alguns produtos, inclusive, possuem colágeno como ingrediente na fórmula. Isso porque o colágeno é uma proteína que dá força e elasticidade aos fios. 

“O colágeno confere elasticidade aos tecidos, firmeza e sustentação. É uma proteína encontrada principalmente em carnes vermelhas, frango, peixes e no tutano”, diz Rosália. “Porém, o consumo dos alimentos ricos em vitamina C, zinco, selênio e silício também são importantes, porque melhoram a absorção e aumentam a produção de colágeno no organismo”, alerta a especialista. Por isso mesmo, vale a pena investir em uma alimentação equilibrada, rica em diferentes tipos de nutrientes.

 

7. Antocianinas

As antocianinas são mais uma substância importante para a saúde das unhas e dos cabelos. Elas também têm ação antioxidante e combatem a ação dos radicais livres no organismo, prevenindo o enfraquecimento capilar.

“As antocianinas possuem efeitos anti-inflamatórios, além do efeito prebiótico, melhorando a saúde intestinal”, explica a nutricionista. Para incluí-las na sua dieta, consuma alimentos ricos nesse nutriente como maçã, ameixa, morango, uva roxa, cereja, amora e mirtilo.

 

Dicas de expert

Está decidida a investir em uma dieta mais saudável? A nutricionista Rosália Kehdi ensina a melhor maneira de consumir frutas no dia a dia: “As frutas devem ser consumidas com fibras (aveia, farinha de coco, farinha de linhaça, etc), ou com sementes (girassol e abóbora) ou também com as castanhas (nozes, amêndoas, avelãs, etc). Ao fazermos essas combinações evitamos picos glicêmicos e mantemos a saúde do nosso pâncreas, evitando resistências insulínicas e diabetes”, explica.

Outra sugestão de consumo é fazer sucos ou shakes de frutas junto com água ou água de coco e biomassa da banana verde. “Esse último ingrediente é rico em fibras prebióticas. Age melhorando toda a flora intestinal e equilibrando o funcionamento do nosso intestino”, diz. “Ao melhorar nossa flora intestinal, favorecemos uma melhor absorção de vitaminas e minerais e isso reflete imediatamente na saúde dos nossos cabelos, pele e unha”, finaliza. Dica anotada!

Nutricionista Funcional e Fitoterapeuta Rosália Kehdi