BLOG DA VIZCAYA / Dicas  / Outubro Rosa: a relação da autoestima em relação ao cabelo
2 out

Outubro Rosa: a relação da autoestima em relação ao cabelo

mulher com blusa de frio rosa com cabelo liso e preto, sorrindo, para ilustrar matéria sobre outubro rosa, autoestima e cabelo

Independente da cor, da textura ou do tamanho, o cabelo tem um impacto enorme na autoestima da maioria das mulheres. Pensando nisso, e aproveitando o momento para falar sobre a importância da atenção ao Outubro Rosa, nós da Vizcaya falaremos sobre como o cabelo está tão ligado à autoestima das mulheres que estão enfrentando o câncer de mama.

Além disso, compartilharemos algumas dicas para as mulheres que estão passando pelo tratamento do câncer de mama e precisam cuidar de si mesmas e de sua autoestima, antes, durante e depois desse processo. Leia abaixo!

O que é o Outubro Rosa?

Para quem não conhece ou sabe pouco sobre, o Outubro Rosa é um movimento internacional que acontece durante todo o mês de outubro. O principal objetivo é conscientizar sobre a prevenção e o diagnóstico precoce do câncer de mama.

A campanha do Outubro Rosa começou a tomar forma na década de 90, nos Estados Unidos, quando alguns estados de lá resolveram fazer campanhas separadas sobre o tema. 

Durante a primeira Corrida pela Cura, que aconteceu em 1990, em Nova York, os corredores ganharam um laço rosa para usar durante a corrida, e depois disso, ele se espalhou por locais públicos, virando símbolo oficial da campanha. Ou seja, o laço rosa virou símbolo dessa causa!

Com o tempo, o Outubro Rosa foi crescendo e se espalhou por diversos países, inclusive no Brasil. Portanto, o Outubro Rosa é o momento que nos faz lembrar da importância de se cuidar, se informar e lembrar que a nossa saúde é prioridade!

Câncer de mama e autoestima

Uma das maiores preocupações das mulheres que enfrentam o câncer de mama está relacionada à possível perda de um ou ambos os seios. 

Além disso, muitas mulheres se sentem inseguras quando precisam passar por uma mastectomia, a cirurgia para a remoção total ou parcial da mama no tratamento do câncer de mama. 

Afinal, essa é uma questão que vai muito além da vaidade; afeta diretamente a autoestima. No entanto, existe uma alternativa que pode fazer toda a diferença: a cirurgia de reconstrução mamária. 

Inclusive, outro desafio que muitas mulheres enfrentam durante o tratamento do câncer de mama é a perda temporária dos cabelos, um dos efeitos colaterais da quimioterapia. 

👉 Alopecia: saiba o que é essa condição capilar!

Consequências psicológicas e físicas causadas pelo câncer de mama

O câncer pode gerar vários desafios emocionais, como uma desconexão com o próprio corpo, baixa autoestima, medo de rejeição, medo da morte, entre outros.

Portanto, o acompanhamento psicológico é fundamental, por auxiliar a paciente a reconstruir sua autoimagem e a desenvolver estratégias para enfrentar o estigma associado à doença e todo o processo de tratamento. 

Sem dúvida, a perda de cabelo é um dos impactos físicos mais visíveis desse tratamento. Nesses casos, a busca por alternativas desempenha um papel crucial na recuperação da autoestima, como lenços e turbantes.

As perucas também desempenham um papel fundamental. Elas se tornam mais do que apenas um acessório estiloso; elas são uma parte importante da jornada de enfrentamento do câncer, contribuindo para a autoconfiança e o conforto emocional.

👉Saúde mental afeta o cabelo? Entenda como funciona essa relação!

É possível evitar a perda dos fios?

É importante entender que não há um tratamento que possa garantir que o cabelo não caia durante ou após a quimioterapia. No entanto, há terapias que podem ajudar a minimizar a perda de cabelo.

Uma técnica que vem sendo cada vez mais utilizada é a crioterapia capilar. Esse tratamento envolve o resfriamento do couro cabeludo antes, durante e após as sessões de quimioterapia. 

Porém, é importante destacar que essa técnica deve ser indicada e acompanhada por um médico e deve ser iniciada desde a primeira sessão de quimioterapia.

A crioterapia capilar funciona contraindo os vasos sanguíneos na região do couro cabeludo, reduzindo a quantidade de quimioterapia que atinge os bulbos capilares. 

Embora não seja uma garantia absoluta de que o cabelo não cairá, pode ajudar a preservar parte dele. 

Como manter a autoestima e o autocuidado?

Lidar com a queda de cabelo é uma preocupação importante, especialmente para muitas mulheres. Embora nem sempre seja possível evitar essa situação, existem algumas medidas e hábitos que podem ajudar a enfrentar essa frustração:

Antes da perda de cabelo

  • Converse com seu médico: é essencial discutir todas as opções disponíveis para o seu cabelo com seu médico, considerando seu caso específico.
  • Considere um corte de cabelo curto: cabelos curtos tendem a parecer mais densos do que cabelos longos, tornando a perda de cabelo menos perceptível quando ocorre.

Durante o tratamento

  • Cuidados ao lavar o cabelo: lave o cabelo com cuidado, usando um shampoo suave. 
  • Evite água muito quente: não lave os fios com água muito quente e não lave o cabelo diariamente. Seque o cabelo delicadamente com uma toalha suave.
  • Evite produtos e tratamentos agressivos: durante o tratamento, evite o uso de sprays de cabelo, produtos químicos que relaxem o cabelo, secadores de cabelo e tinturas.

Após a perda de cabelo

  • Escolha como cobrir a cabeça: a decisão de usar lenços, bonés ou chapéus após a perda de cabelo é altamente pessoal. Para muitas pessoas, o cabelo está fortemente ligado à identidade, e a escolha deve ser aquela que a faz se sentir mais confortável.
  • Experimente perucas: se você acredita que uma peruca pode melhorar sua autoestima, considere experimentá-la. Você pode inclusive escolher uma peruca com a mesma cor, formato e comprimento do seu cabelo original.
  • Cuidados com o couro cabeludo: proteja seu couro cabeludo do sol, aplicando filtro solar e usando chapéus quando estiver ao ar livre. 
  • Use produtos com proteção UV: mantenha o cabelo protegido dos danos causados pelos raios UV. Nossa sugestão é experimentar o Leave-in Frizz Control 200ml da Vizcaya. Esse produto é enriquecido com a exclusiva Água Termal e oferece proteção UV. 
  • Atenção ao travesseiro: opte por um travesseiro de cetim em vez de algodão, pois o algodão pode irritar o couro cabeludo sensível.
  • Evite tratamentos químicos: evite colorir ou descolorir o novo cabelo até que ele esteja mais forte, pois esses processos podem danificar o cabelo em crescimento.

Neste mês de conscientização do Outubro Rosa, lembre-se de cuidar de si mesma. Conte com os produtos da Vizcaya, que incluem água termal em todas as suas fórmulas, para manter seus cabelos saudáveis, brilhantes e macios.