BLOG DA VIZCAYA / Como Usar  / Perfume em óleo, álcool ou sólido: quais as diferenças entre os tipos de perfume?
8 jun

Perfume em óleo, álcool ou sólido: quais as diferenças entre os tipos de perfume?

perfume em óleo

O universo dos perfumes é complexo e fascinante! E, apesar de ser um produto antigo e cheio de história, o que não faltam são novidades que tornam esse universo ainda mais interessante. Além da riqueza de fragrâncias, os perfumes ainda são vendidos em diferentes texturas e concentrações. O perfume em óleo é uma opção de perfume ainda pouco conhecida no Brasil. Mas não por acaso! Abaixo, te contamos tudo o que você precisa saber para escolher o perfume ideal para você. 

 

Perfume em óleo, álcool ou sólido: qual é o melhor?

Os óleos essenciais são a base da perfumaria. Há centenas de anos os óleos essenciais são usados como matéria-prima para criar fragrâncias. Ao longo dos anos, no entanto, os perfumes ganharam álcool em suas composições para servir de veículo da fragrância e diluir a essência. Diferentemente do álcool que a gente compra no mercado, o álcool para perfume é mais puro, não interfere na percepção da fragrância e não agride a pele. 

 

Os Attars, um tipo de perfume árabe, são perfumes diluídos em óleo e são a maneira mais tradicional de apresentar os perfumes. Uma vez que não contém álcool na fórmula, esse tipo de perfume costuma ser mais concentrado e marcante. Os perfumes em óleo são ótimos para layering de perfumes. Eles também se diferenciam na aplicação. Nada de borrifar o perfume em óleo na pele! Os frascos desse tipo de perfume geralmente vêm acompanhados de palitinhos. Aí, é só mergulhar o palito no produto, esfregar o palito nos punhos e prontinho! 

 

Mas, então, qual é o melhor tipo de perfume? A resposta certa é “depende”! Os perfumes a base de óleo, por serem muito concentrados, combinam melhor com temperaturas mais frias e são ideais para serem usados à noite. Os perfumes sólidos tem a base de cera, que deve ser derretida com os dedos para então aplicar a fragrância na pele. Assim como os perfumes em óleo, os perfumes sólidos fazem sucesso em países do Oriente Médio, onde o clima desértico pede opções menos voláteis que perfumes à base de álcool – que se dissipam rapidamente nessas condições climáticas.

 

Já os perfumes à base de álcool podem ser vendidos em diferentes concentrações e, por isso, são mais versáteis do que os perfumes em óleo ou sólidos. Também são perfeitos para climas úmidos, como o brasileiro. 

 

Diferentes tipos de perfumes: EDP, EDT e EDC

Além das diferentes texturas, os perfumes também são categorizados de acordo com as concentrações de óleos essenciais da fórmula: EDP, EDT e EDC. A Eau de Parfum possui entre 15% a 25%, enquanto a a Eau de Toilette possui entre 8% e 10% de essência e a Eau de Cologne possui concentração entre 2 e 5%.  Por causa da alta concentração de essência, os perfumes EDP também costumam ter melhor fixação na pele.

 

Conheças as nossas fragrâncias