Óleos nos cuidados dos cabelos: dicas práticas de como fazer nutrição nos fios

Um dos grandes segredos dos fios bonitos, sejam eles lisos, ondulados ou cacheados é a inclusão dos óleos nos cuidados dos cabelos. Seu uso faz parte da etapa nutrição do cronograma capilar. Resumimos quais  são os melhores óleos para nutrição, seus benefícios e como incluí-los na sua rotina de beleza. Vem ver!

Como incluir os óleos nos cuidados dos cabelos

Os óleos vegetais podem ser incluídos na rotina de cuidados de diversas maneiras. A mais comum delas é a umectação, quando o ingrediente é aplicado puro nos fios secos. Após o tempo de pausa de, pelo menos vinte minutos, os cabelos são lavados normalmente e estão super nutridos, alinhados e com menos pontas duplas.

Outra maneira muito eficiente de usar os óleos vegetais é como pré-shampoo. Essa técnica é ideal para quem tem fios muito danificados e que sofrem com a ação secativa do shampoo. Quando aplicados quinze minutos antes da lavagem, os óleos protegem o comprimento dos fios e previnem o ressecamento.

Os benefícios de usar óleos nos cuidados dos cabelos: conheça cada um dos óleos

Óleo não é tudo igual! Se você decidiu se render ao uso deles, saiba que o primeiro passo é entender qual o melhor óleo para os seus fios.

Óleo de oliva

Até o azeite, mais utilizado na culinária, pode ser usado nos cabelos. Mas, atenção: o produto indicado é a versão extravirgem, ok? O ingrediente é rico em ácidos graxos e vitamina E e ajuda a criar uma película protetora em volta do fio. Adeus, frizz!

Óleo de coco

Não é por acaso que o óleo de coco é um dos óleos mais populares quando o assunto é cuidado com os fios. Além de ser multifuncional, o ativo penetra nas camadas mais profundas das madeixas, oferecendo nutrição profunda. É especialmente indicado para as mulheres que possuem fios danificados pelo uso excessivo de chapinha e secador.

Óleo de rícino

Se a sua intenção é acelerar o crescimento dos cabelos, boas notícias – o óleo de rícino é para você! Rico em ômegas 6 e 9, esse óleo estimula o couro cabeludo e contribui para o crescimento dos fios.

Óleo de argan

Que o óleo de argan faz maravilhas para o cabelo, você provavelmente já sabe. O ativo é rico em vitamina E, antioxidante que combate os danos causados pela exposição ao sol e poluição. Em outras palavras, esse óleo auxilia a manter os fios mais disciplinados e sem frizz.

Óleo de marula

 Para quem é rata de praia, esta é a melhor opção. O óleo de marula é rico em vitamina C, agente antioxidante que combate os radicais livres e previne o envelhecimento precoce dos fios.

Óleo vegetal nos produtos capilares

Outra forma de utilizar os óleos nos cuidados capilares é apostar em linhas de cuidados que possuam o ingrediente entre seus componentes.

 

A linha Extreme Repair, tem como segredo de sua fórmula o óleo de patauá, rico ingrediente retirado das palmeiras da Amazônia. Contendo ômegas 3,6 e 9, é um excelente tratamento após processos químicos.

 

Os produtos contam também com água termal, são antipoluição e livre de parabenos, o que ajuda a hidratar e proteger os fios, além de nutrir e reparar.

Já usa óleos nos cuidados dos seus fios? Conte para gente o seu favorito!

 

 

Vizcaya
A expert da beleza, com máximo de performance e o poder da Água Termal

2 comentários sobre “Óleos nos cuidados dos cabelos: dicas práticas de como fazer nutrição nos fios”

Deixe uma resposta