Nutrição capilar: os melhores óleos e manteigas vegetais para os cabelos

A nutrição capilar é uma fase importantíssima no cronograma capilar, uma vez que age restaura os fios e devolve nutrientes perdidos. Existem óleos e manteigas vegetais específicos para cada tipo de fio e problema capilar. Abaixo, contamos quando usar os óleos de argan, jojoba e babaçu, e as manteigas de murumuru e cupuaçu.

Nutrição capilar: óleo de argan controla os fios rebeldes

O óleo de argan ou morrocan oil já virou um clássico no mundo dos cosméticos. Queridinho nos salões de beleza, o extrato retirado das nozes de uma planta encontrada no Marrocos é produzido de forma manual e traz muitos benefícios para a pele e cabelos.

O óleo de argan é rico em antioxidantes e vitaminas e, por isso, é um tratamento eficiente para quem sofre com cabelos danificados por causa do calor, sol, vento, chapinha e secador. O óleo de argan tem três vezes mais vitamina E do que qualquer outro óleo vegetal e, por isso, tem uma alta capacidade de nutrição em cabelos secos, no combate às pontas duplas e ainda protege os fios de danos térmicos.

O óleo de argan também auxilia no combate ao frizz e no controle dos fios rebeldes. A explicação é simples: o óleo encapa os fios e diminui o atrito deixando os cabelos saudáveis e  macios.

Sérum Evolution VizcayaDica: o Sérum Evolution contém os óleos de ojon e argan na fórmula e, por isso, oferece 10 benefícios em apenas um produto: doa brilho, controla o frizz, elimina as pontas duplas, repara os cabelos danificados, tem proteção térmica e UV. 

 

Nutrição capilar: óleo de jojoba auxilia no crescimento dos cabelos

Seu cabelo não cresce de jeito nenhum? Então a melhor opção é investir no óleo de jojoba. Isso porque esse óleo poderoso desobstrui os folículos pilosos do couro cabeludo, permitindo assim que os fios cresçam saudáveis e muito fortes.

O óleo de jojoba também é rico em vitamina E e tem ação anti-idade: ele ajuda no combate aos radicais livres e auxilia na regeneração e rejuvenescimento das células. Mas não só! O óleo de jojoba ainda protege os fios contra danos externos.


Por isso, uma boa ideia pode ser usar produtos com óleo de jojoba na fórmula, como a linha Hydra Care, que restaura os fios em apenas 3 minutos. É a linha perfeita para cuidados diários.

 

Manteiga de cupuaçu para fios brilhantes e com volume controlado

Se o óleo de argan é marroquino, a manteiga de cupuaçu tem alma brasileira. Originária de uma planta tropical nativa da floresta amazônica, a manteiga de cupuaçu possui propriedades hidratantes que ajudam a repor a umidade dos fios, deixando os cabelos brilhantes e com volume controlado.  

A manteiga de cupuaçu é altamente indicada para fios com alisamento. A linha Pós Escova Progressiva contém óleo de jojoba e cupuaçu e garante cabelos nutridos e mais resistentes.

 

 

Nutrição capilar: manteiga de murumuru trata cabelos com química

A manteiga de murumuru é outro ativo brasileiro que tem feito sucesso.  Essa manteiga é ideal para ser usada em fios descoloridos ou em cabelos que sofreram com a  ação do sol, vento, chapinha e tintura. Por isso, não hesite em usar a manteiga de murumuru se tiver os fios muito danificados.

Óleo de babaçu é ideal para cabelos finos

Mais um óleo de DNA brasileiro tem feito sucesso no mundo dos cosméticos. Extraído da semente de uma palmeira da região amazônica, o óleo de babaçu é levinho e tem absorção rápida. Por isso mesmo, é ideal para auxiliar no tratamento de fios finos e danificados, e funciona como um hidratante poderoso para deixar os fios mais fortes e no combate às pontas duplas.

Cabelos loiros: linha Blonde Action VizcayaA linha Blonde Action, com manteiga de murumuru e óleo de babaçu, foi criada para reparar e devolver a luminosidade aos fios loiros. A linha ainda contém extrato de girassol, que potencializa o loiro, e extrato de camomila, agente clareador dos cabelos.

1 comentário sobre “Nutrição capilar: os melhores óleos e manteigas vegetais para os cabelos”

Deixe uma resposta