Qual a importância da reconstrução capilar?

A reconstrução capilar é um dos tratamentos mais importantes para os cabelos. Ela aparece como terceira etapa do cronograma capilar e é o tratamento certo para recuperar cabelos extremamente danificados.  Mas você sabe por quê? Abaixo, te contamos tudo o que você precisa saber sobre a reconstrução capilar, quais produtos usar no tratamento e como incluir a reconstrução em sua rotina de cuidados.

O que é reconstrução capilar?
A reconstrução capilar é um tratamento à base de queratina e outros aminoácidos. Ela é indicada para fortalecer a fibra dos fios e devolver força aos cabelos e, por isso, é principalmente indicada para cabelos com alisamentos e colorações ou extremamente danificados, seja por conta do uso de chapinha e secador ou de agentes externos, como sol, vento e água do mar. 

Benefícios de tratamentos reconstrutores para os cabelos

A queratina faz parte de 90% da composição dos fios. Ela é uma proteína que o corpo produz  e faz parte da pele, dos cabelos e das unhas, e é responsável por proteger os cabelos de agressões externas. Por isso, ao repor a queratina nos cabelos com a ajuda de shampoos e máscaras reconstrutoras, você estará deixando os fios mais fortes e protegidos. 

Quando fazer reconstrução capilar nos fios?
A reconstrução capilar deve ser feita antes e após procedimentos químicos, como alisamentos e colorações, para fortalecer os fios. Ela dará força e resistência à química, antes e após esse tipo de tratamento. Os tratamentos reconstrutores também podem ser usados para recuperar os fios após uma temporada na praia (com muito sol, vento e água do mar, por exemplo) ou por conta do uso excessivo de chapinha e secador.

Rica em água termal, queratina, colágeno, ceramidas e um blend poderoso de aminoácidos, a Máscara de Tratamento Force Restore é a opção perfeita para repor as proteínas nos fios, uma vez que reconstrói os cabelos em apenas três minutos. Para garantir um melhor resultado, use o shampoo e condicionador da mesma 

Linha Force Restore

Mas, atenção…

O excesso de queratina pode deixar os cabelos endurecidos e consequentemente deixá-los quebradiços. Por isso,  o ideal é incluir o tratamento reconstrutor em um cronograma capilar criado para os seus tipos de fios, intercalando-o com tratamentos hidratantes e nutritivos, ok?

Deixe uma resposta