Água quente, morna ou fria: qual usar na hora de lavar os cabelos?

Você sabia que a temperatura da água interfere muito na aparência e saúde dos cabelos? Há o momento certo de usar cada temperatura da água na hora de lavar os cabelos. Sim, a água pode deixar os fios mais frágeis, ressecados ou quebradiços. Mas também pode deixá-los mais brilhosos e hidratados por mais tempo. Como assim? A gente te conta como usar a água quente, morna ou fria nos cuidados com os fios. Dá só uma olhada:

Água quente: ela é mesmo a vilã?


Infelizmente a resposta é simples: a água quente faz mal sim para os cabelos. Lavar os cabelos com essa opção de temperatura não é uma boa ideia. O calor da água abre as cutículas dos fios, o que pode deixar os fios ressecados e sem brilho.

As altas temperaturas também prejudicam o couro cabeludo. É que a água quente remove o sebo produzido pela raiz, que funciona como uma proteção natural dos cabelos. O organismo então compensa a ausência produzindo mais oleosidade, resultando em oleosidade excessiva. Em casos mais graves, o uso frequente de água quente pode causar caspa e queda capilar.

Água morna para lavar os cabelos

Eis a temperatura correta para lavar os cabelos! A água morna é agradável para o banho e não danifica os fios nem o couro cabeludo.

Quer cabelos brilhosos e hidratados? Vá de água fria!


Quem deseja fios hidratados por mais tempo e brilhosos, deve investir no banho de água fria. Mas, se não for possível lavar os cabelos com essa temperatura, apenas um último enxágue com água fria é o suficiente. Isso porque a água fria fecha as cutículas dos cabelos, deixando-as alinhadas e bem seladas. Resultado: cabelos brilhosos, mais resistentes a umidade, sem frizz e hidratados. Bom, né?

E aí, gostou das dicas? Qual a temperatura de água que você costuma usar? Conte nos comentários!

 

Deixe uma resposta